DR. GUSTAVO LAGOS FALA SOBRE OSTEOPOROSE

Osteoporose – A Densitometria Óssea como método diagnóstico em mulheres e homens

O osso é uma estrutura viva que precisa se manter saudável, e isso acontece naturalmente através da remodelação do osso velho em osso novo. A osteoporose ocorre quando o corpo deixa de formar material ósseo novo suficiente, ou quando muito material dos ossos antigos é reabsorvido pelo corpo – em alguns casos, pode ocorrer as duas coisas. Se os ossos não estão se renovando como deveriam, ficam cada vez mais fracos e finos, sujeitos a fraturas.

O ideal é que a doença seja reconhecida aos primeiros sinais de perda óssea, na fase de osteopenia. Mas é mais comum se detectar o problema quando ocorrem as fraturas, quando a osteoporose já está instalada.

Tais fraturas por fragilidade óssea são causa de mortalidade principalmente na população idosa. As fraturas mais comuns são as vertebrais, as do antebraço e do colo do fêmur.

As mulheres ficam mais suscetíveis ao desenvolvimento da osteoporose a partir do início da menopausa, que geralmente é a partir dos 50 anos. Nesse caso, a redução do estrógeno que é o hormônio feminino é a principal causa.

Entre o público masculino, a taxa de mortalidade em função do problema é duas vezes maior do que a das mulheres. A osteoporose masculina tem causas como o uso de derivados da cortisona por mais de três meses, fumo, abuso de álcool e a redução dos níveis sanguíneos de testosterona.

Como prevenção à osteoporose é recomendado o consumo de alimentos ricos em cálcio; praticar atividades físicas durante 30 minutos diários no mínimo; evitar cigarros, já que fumantes chegam a perder cerca de 1% de massa óssea por ano.

Em relação ao diagnóstico, a densitometria óssea é um importante aliado. Trata-se do método mais atual para a medida da densidade mineral óssea, considerado “padrão ouro” para o diagnóstico de osteoporose e para uma variedade de aplicações clínicas e de pesquisa. Nesse contexto, a importância da densitometria óssea fica evidente, através da identificação dos indivíduos portadores de osteoporose, com intervenção terapêutica capaz de reverter esse quadro, tendo impacto direto na qualidade de vida e taxas de morbimortalidade.

Assim, sempre buscando atender a população local, a Centrus Diagnósticos é o único centro de radiologia em Santa Cruz do Capibaribe e região a disponibilizar esse método. Somos os pioneiros em diagnóstico de osteoporose através da densitometria óssea.

Centrus Diagnósticos

Santa Cruz do Capibaribe:
Centro Médico Master Vida – Rua Major Negrinho, 186 – Bairro Novo
Telefone 81 3731.6243

Clínica Dr. Wagner Bastos – Rua Clementino Fernandes de Moura, 286 – Bairro Novo
Telefone: 3731.8463

Toritama
Galeria Edgar Torres – Av. João Miguel da Silva, 448 | Salas 3, 5, 9 e 10
Telefone: 3741.1268

Avalie este artigo
Sem Comentários

Deixe um comentário