IMPORTÂNCIA DA PROTEÍNA NOS TREINOS

A atividade física e o aumento da massa muscular acrescem as necessidades. Mas, porquê?

Quando levantamos pesos, além de proteínas e carboidratos, a água também é muito importante antes, durante e após o treino. A síntese muscular ocorre com maior facilidade quando as nossas células estão bem hidratadas. Uma sugestão pré treino é consumir a água de coco, que além de hidratar, fornece carboidratos e minerais que auxiliam durante o treino.

Lembre-se da importância de consultar um nutricionista para saber qual o melhor alimento para você antes e depois do seu treino, e em que quantidade você deve consumi-lo. Corremos, fazemos agachamentos, flexões ou utilizamos as máquinas de musculação, aquilo que o corpo está a fazer é danificar o tecido muscular (não se preocupe, ele volta ao normal —e pode, até, crescer).
O que acontece é que durante a noite, enquanto dormimos, o músculo é reconstruído. É aqui que entra a importância da proteína no pós-treino: para que este fenômeno se dê, é preciso que haja proteínas no organismo. Entre as opções de proteínas que podemos consumir para auxiliar no ganho de massa muscular temos:

Frango: as proteínas de origem animal são consideradas as melhores para melhorar o ganho de massa muscular, porém deve-se ter cuidado com as preparações. Evitar preparações com muita gordura, dando preferências àquelas grelhadas ou cozidas, e retirar a pele, sempre, já que esta contém muita gordura.

Tofu: alimento rico em cálcio, magnésio e proteína, que além de auxiliar no processo de anabolismo muscular, também protege os ossos. Além disso, é um importante alimento por conta das isoflavonas, que controlam os hormônios sexuais femininos fazendo com que haja um menor acúmulo de gordura e os músculos apareçam com maior facilidade.

Ovo: além de conter a albumina na clara, a qual já é utilizada na forma de suplemento alimentar, a gema do ovo é rica em gordura monoinsaturada e ômega 3, que ajuda a diminuir o processo inflamatório gerado durante o treino e melhora a recuperação muscular.

Iogurte: fonte de proteína que pode ser consumida até 30 minutos pós treino associada a um carboidrato de alto índice glicêmico, mel ou geleia. Nesse momento o nosso corpo aproveita melhor a proteína para recuperação muscular.

Por Dra Vera Santos – Nutrição Metabólica e Ortomolecular.
Agende sua consulta 81 9.9857-2025 (WhatsApp)

Avalie este artigo
Sem Comentários

Deixe um comentário