O BOLO DE ROLO TEM GANHADO ESPAÇO ATÉ EM FESTAS DE CASAMENTO

É cada vez mais comum, em recepções de casamento os bolos clássicos serem substituídos por outros tipos de bolos.

 

Com sua origem em Pernambuco, o bolo de rolo é uma especialidade de sobremesas, comumente servidas em festas no interior do Estado. O típico bolo ficou tão famoso, que tornou-se patrimônio cultural e imaterial do Estado, em 2007, através da Lei Ordinária nº379.

 

O bolo de rolo é feito a base de finas camadas de pão de ló, recheado com goiabada. Ao longo do tempo o bolo foi ganhando outros tipos de recheios, como por exemplo, doce de leite, creme de amêndoas, comporta de maracujá, chocolate e tantas outras opções. Atualmente, o bolo é produzido em todos os estados do Nordeste.

 

Mas, como todas as ideias são válidas, o bolo de rolo ganhou outros formatos e chegou até as festas mais sofisticadas, como os casamentos, onde o mesmo tem sido novidade principal nas recepções nupciais. Ao passo que as coisas evoluem, os clássicos bolos de casamento têm mudado também. Com esta inovação, algo que observou-se nas festas de casamento é um desperdício muito menor de bolo. Antes era comum ver os pratinhos cheios por cima das mesas. Com o bolo de rolo é diferente, as pessoas comem e quando não desejam comer na festa, dão um jeito de levar para casa, sem desperdício e sem medo de não ser chique! O bolo é uma das poucas coisas que dá para levar para sair de uma festa sem nenhum constrangimento, e se for bolo de rolo, é melhor ainda. Experimentem nas próximas festas, só não garanto se o anfitrião vai ficar sem ter o que oferecer, afinal todo mundo gosta do que é bom.

Avalie este artigo
Sem Comentários

Deixe um comentário